VEREADORES DE CHAVANTES ARQUIVAM DENÚNCIA DE “IRREGULARIDADE” EM CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE TRANSPORTE DE PACIENTES REALIZADA PELO PREFEITO “BURGUINHA”
VEREADORES DE CHAVANTES ARQUIVAM DENÚNCIA DE “IRREGULARIDADE” EM CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE TRANSPORTE DE PACIENTES REALIZADA PELO PREFEITO “BURGUINHA”
Publicado por

VEREADORES DE CHAVANTES ARQUIVAM DENÚNCIA DE “IRREGULARIDADE” EM CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE TRANSPORTE DE PACIENTES REALIZADA PELO PREFEITO “BURGUINHA”

Com base na matéria publicada no dia 01/02/2019, onde o assunto foi uma denúncia realizada pelo Sr. José Aparecido Lopes contra o prefeito “Burguinha”, onde prefeito contratou uma empresa de transporte de pacientes com os “valor superfaturado”. Veja no link a seguir => http://www.chavantesnoticia.com.br/?p=48338

Na segunda-feira 04/02/2019 foi lida em plenário a referida denúncia pela primeira secretária Ana Maria Fatima Pereira. Após a conclusão da leitura o vereador Luiz Filipe de Paula Jacinto fez uso da palavra e esclareceu algumas “irregularidades na denúncia”. Uma delas foi sobre a compra de peças para veículos com o mesmo nome e valores diferentes. Tendo em vista os nomes das peças serem os mesmos, porem os veículos eram de marcas e modelos distintos comprovando assim a razão dos valores serem diferentes.

Outro assunto também esclarecido pelo vereador Filipe foi a contratação da empresa REMOCENTER, por meio da UMMES, ele disse que a UMMES fez um pregão para que atendesse esses serviços de Ambulâncias e Vans e na denúncia apresentada pelo José Aparecido Lopes constava somente os serviços realizados por Vans. Esse pregão serviu para atender os doze municípios da região, não apenas Chavantes como apresentado na denúncia. Filipe disse que a contratação é totalmente legitima, tendo em vista que os veículos Vans e Ambulâncias de Chavantes estavam totalmente deteriorados, impossibilitando a condução dos pacientes. As demais contemplações também tinham a intenção de reduzir as horas extras dos funcionários do município, que de fato ocorreu. Tendo uma economia de quase 54% nas horas extras, refletindo assim a redução nos gastos com os pagamentos do pessoal.  Na denúncia constava que a empresa CHAVANTUR apresentou ao prefeito e ao chefe de gabinete, o valor de R$ 1,35 para o transporte de pacientes, no entanto esse documento apresentado em denúncia não possui protocolo, não possui recebimento de quem quer que seja da prefeitura, por tanto esse documento não tem legitimidade alguma perante a denúncia.   Também essa questão das peças e da REMOCENTER, em nenhum momento foi apontado pelo Tribunal de Contas, quando, vindo a Chavantes para uma avaliação do prefeito, quanto da atuação da UMMES, por tanto não há o que se falar em irregularidades. Com relação a CHAVANTUR ter prestado serviços de transporte de Vans para a REMOCENTER, isso não importa para a municipalidade, o que importa, é que o serviço seja prestado, Ambulâncias e Vans, com serviços dignos para todos os pacientes de Chavantes. Se a CHAVANTUR se prontificou a prestar serviços por R$ 1,35, porque quando foi paralisado o transporte tendo em visto o atraso com a UMMES, a prefeitura teve que emergencialmente fazer um contrato para que fosse suprir esse serviço no dia 09/10/2018 e 11/10/2018, essa empresa apresentou a prefeitura um valor de R$ 1,98, se a empresa tinha interesse em ajudar a cidade, não é o que ficou constatado. Foi pago por tanto R$ 2,00 para Vans e para Ambulâncias e a vigência desse contrato só passou a 01/01/2018 até 14/11/2018, encerrando esse serviço, a prefeitura tinha recebido um ônix, um micro-ônibus e uma Ambulância, por tanto a prefeitura   pôde dar continuidade ao serviço normalmente. Filipe ressaltou: Essa denúncia de comissão processante é totalmente incabível, peço aos meus pares que rejeitem essa denúncia por se tratar de matéria plenamente infundada, pois Chavantes não merece passar por isso novamente, temos um triste histórico de vice prefeitos que almejam o poder e articulam dia a pós dia para derrubar o prefeito e informo a todos, se houver qualquer denúncia concreta de qualquer irregularidade, já mais serei omisso, pois cumpro com os meus deveres e assim agirei nesta casa, por tanto se tiver denúncias corretas pode trazer, mais enquanto tiver denúncias infundadas nessa casa não terá vez. Assim finalizou Luiz Filipe de Paula Jacinto. O pedido de Filipe foi aceito por unanimidade, somente o presidente da Câmara Rafael Lopes Garcia que não participou da votação, pelo simples fato de ser o presidente e participar somente em caso de empate pela mesa diretora.

.

PALAVRAS DO PREFEITO “BURGUINHA” EM VÍDEO POSTADO NAS REDES SOCIAIS.

Foi uma segunda-feira muito tumultuada, foi uma sessão na câmara tumultuada, mas Deus me deu um grande livramento, infelizmente a velha política insiste em voltar. Foi uma denúncia protocolada na câmara e votada, uma denúncia de tentativa de golpe, uma denúncia mentirosa, uma denúncia infundada partindo de um petista. E outra gente, agradeço a população que compareceu lá, muito obrigado a você que compareceu, você que nos apoiou, muito obrigado Câmara Municipal de Chavantes, Câmera que agiu com responsabilidade, uma Câmera que pensou em Chavantes em primeiro lugar e foi arquivada essa denúncia por unanimidade. Eu não tenho medo de denúncia, se quiser fazer denúncia, que faça no ministério público, não estou aqui para ninguém passar a mão na minha cabeça, porque trabalhamos com a verdade, é uma equipe gestora, mais infelizmente essa denúncia tinha um cunho de politicagem, tentativa de um golpe, porque, a denúncia de cara pediu que me afastasse do cargo por cento e oitenta dias a partir de amanhã, se estivesse sido votado essa denúncia eu estaria afastado do cargo e pediram uma CI comissão processante para poder caçar o meu mandato, então quer dizer não foi coerente, foi de pura politicagem, partido de um petista e apoiado pelo vice-prefeito. O vice-prefeito eu chamei ele para compor o governo no começo, mais infelizmente ele não quis. Ele durante esses dois anos e um mês, conspira e conspira para tentar me derrubar. Se ele tem vontade de ser prefeito, que disputa as eleições para o ano que vem, porque o nosso propósito é trabalho, é gestão, é compromisso, e não adianta fazer politicagem comigo, primeiramente não gosto de política e não quero aprender jogo de política e jamais vou fazer essa jogatina de politicagem, estou para trabalhar, compromisso com você cidadão, compromisso com a nossa população e sempre estarei aqui para trabalhar com a população e que Deus nos abençoe nessa grande batalha. Peço o apoio, peço oração, peço o apoio da nossa população para me ajudar a construir a nossa cidade e que Deus nos abençoe mais uma vez, obrigado meu Deus, obrigado por tudo. Essas foram as palavras de Marcio de Jesus do Rego “Burguinha”, Prefeito Municipal de Chavantes.

 

PALAVRAS DO Sr. JOSÉ APARECIDO LOPES – DENUNCIANTE

Em conversa com o Denunciante José Aparecido Lopes, o mesmo informou e apresentou o documento mencionado pelos vereadores Luiz Filipe de Paula Jacinto e Cesar Pedro Longo, com as “assinaturas” conforme mostra na imagem abaixo. Como os mesmos alegaram que o documento é fraudado, Lopes disse que cabe a eles provarem a fraude e para isso basta apenas, realizar o exame grafotécnico.

Segundo o denunciante, 95% dos que compareceram na Câmara Municipal nesta data, seriam cargos comissionados da atual gestão e pessoas frequentadoras da Igreja que o Prefeito também frequenta. “Uma forma que o Prefeito utilizou para “intimidar” a mesa diretora para votarem contra a denúncia”.

Fica aqui o espaço aberto aos envolvidos nessa matéria.

Fonte: Chavantes Notícia

0 Comentários desativados em VEREADORES DE CHAVANTES ARQUIVAM DENÚNCIA DE “IRREGULARIDADE” EM CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE TRANSPORTE DE PACIENTES REALIZADA PELO PREFEITO “BURGUINHA” 6930 05 fevereiro, 2019 Chavantes, Notícias, Política fevereiro 5, 2019
Acessos: início - 22/12/2014
contador gratuito de visitas

CURTAM A NOSSA PÁGINA

PARCEIROS

bbm Claudia TATY SADAN Gaino Doulglas Gás GISLAINE CRISTINA - MODAS E ACESSÓRIOS Pet Shop C Principal Victoria R Nil Lanches 4 AVID Corretora Seguros... 3 3 Site Principal Postada Cednet

Países Visitantes